BIM/Revit: os melhores recursos para seu projeto

Existem diversos softwares que dão suporte ao BIM, Revit é um deles. Essa ferramenta da Autodesk para a arquitetura, engenharia e design é uma das mais utilizadas no mundo para modelagem 3D dentro do setor construtivo. Desenvolvido para auxiliar os arquitetos e engenheiros na fase de projeto, o programa traz uma grande riqueza de recursos que permitem a criação de projetos mais elaborados, que proporcionam melhor visualização, simulações e também assertividade em quantitativos, cronogramas e desempenho de uma obra. Toda essa evolução proporcionada pelo Revit tem a ver com a inovação tecnológica que chegou ao setor por meio do BIM, que está provocando diversas rupturas e alçando a indústria construtiva a novos resultados de produtividade, redução de erros, sustentabilidade e rentabilidade. Neste post, vamos entender melhor essa relação de Revit e BIM. O que é BIM? O Building Information Modeling é uma metodologia de trabalho colaborativa amparada nos pilares tecnologia (softwares e hardwares - RV, AR, drones, scanners a laser para levantamento por nuvem de pontos), pessoas e processos. Significa que todos os profissionais envolvidos em uma obra trabalharão em um único modelo inteligente tridimensional, carregado com um banco de dados, que servirá em todas as fases do ciclo de vida do projeto. Trabalhar com um modelo tridimensional carregado de informações multidisciplinares e que servirá de ponto de referência a todos os envolvidos na cadeia, exige novos métodos e novas posturas dentro do setor construtivo. Por exemplo, com o BIM, é possível trabalhar com as diversas equipes de forma virtual e colaborativa, porque o sistema de armazenamento da metodologia acontece em nuvem. De qualquer lugar onde o profissional estiver, ele consegue acessar o modelo por meio de dispositivos móveis, conferir dados e fazer alterações, se necessário. Com maximização de parâmetros, as ferramentas do BIM também garantem um design imensamente mais aprimorado e simulações do gêmeo digital para proporcionar possíveis resultados ainda na fase virtual, porque o software utilizado para dar suporte permite a criação de inúmeras possibilidades, que seriam praticamente inviáveis para realizar apenas com os desenhos manuais em linhas. Com o BIM, é possível envolver todas as fases da obra além de projetar, como conceber, conceituar, verificar viabilidade, planejar, orçar com precisão, executar, gerenciar e operar as edificações residenciais, comerciais, industriais e as obras de infraestrutura. Os objetos virtuais dos modelos 3D BIM, tanto das instalações como das de edificações, vão corresponder aos componentes previstos e necessários para a futura construção física real. Recursos abrangentes Esses recursos da metodologia são tão abrangentes que BIM na modelagem da cidade também já é possível, porque todos os elementos que são modelados em uma instalação ou edificação podem ser utilizados em uma escala muito maior. Para que isso seja possível, o BIM passou a integrar os recursos do GIS (Geographic Information System), que apoia as informações com dados geográficos. Dessa união, o resultado foi o City Information Modeling, que trabalha da mesma forma que o BIM só que na escala das cidades. Essas cidades modeladas e que usam a tecnologia como forma de melhorar seus serviços públicos, inclusive com dados atualizados pela própria população por meio da internet, são conhecidas como Cidades Inteligentes. A partir da plataforma CIM, uma cidade pode ser inteiramente modelada para proporcionar mais qualidade de vida à população, com informações sobre todos os segmentos, gerando soluções para diversos setores, como abastecimento de água e energia, acionamento de sistemas de emergência para avisar sobre tragédias naturais, como enchentes; controle da limpeza urbana, controle de tráfego, que pode ser ótimo para estimar até o futuro da mobilidade nas cidades inteligentes, entre outras possibilidades. O que é BIM/Revit? AutoDesk Revit é um dos softwares que servem para dar suporte à metodologia BIM, é uma solução de design e documentação, que ampara todas as fases e disciplinas de um projeto de construção. Com seus recursos, permite um melhor uso do tempo para a criação de projetos, porque possibilita medição precisa de distância e ângulos, espessuras, volumes, materiais, custos, etc. Por ser uma plataforma de construção virtual, baseada em uma construção física real, o Revit BIM software também garante uma melhor gestão do fluxo de informações referentes ao projeto. Além do projeto arquitetônico, o Revit também permite a elaboração dos projetos complementares. Quais os recursos do BIM/Revit? Com o sistema BIM Revit, os profissionais da cadeia poderão ter: Modelagem arquitetônica para projetos de qualquer complexidade; Sistema gráfico de componentes paramétricos e globais; Melhor visualização de projeto em 3D; Ampla biblioteca para extensão de funcionalidades; Interoperabilidade e IFC; Ferramenta de pontos na nuvem; Análises de desempenho; Projeto integrado entre as disciplinas envolvidas e com acompanhamento e alterações em tempo real; Padronização de documentação; Melhor gerenciamento na fase de execução de obras; Renderização em nuvem; Para projetos estruturais: detalhamento da armadura em 3D, aço estrutural de modelagem, ferramentas para construir estruturas com o mínimo de energia, etc Projetos AVAC, hidráulico e elétrico (Revit BIM electrical): projeto e documentação de sistemas, detalhamento de fabricação dos sistemas, conversão do serviço de fabricação, etc Construção: modelagem de construções, coordenação, interoperabilidade do Navisworks, importação e exportação de folhas 2D, detalhes de construtibilidade, etc. Nestes tempos nos quais a necessidade de ficar em casa levou diversos profissionais ao home office, impedindo o acesso à torre principal das empresas, o software também visualizar os projetos a partir dos dispositivos móveis Recursos do BIM/Revit são aprimorados em cada atualização De tempos em tempos, a Autodesk faz algumas atualizações em seus softwares para possibilitar mais facilidades aos profissionais e melhores resultados aos seus projetos. Em abril de 2020, a versão 2021 do Revit já estava disponível. O profissional envolvido em um projeto BIM Revit vai ganhar recursos extras na versão 2021 para sua elaboração. Conheça algumas novas funcionalidades: Criação de paredes inclinadas Com a versão 2021 do BIM Revit é possível criar paredes inclinadas com o projeto arquitetônico sem necessitar buscar modelo no local ou usar comandos de massa. Para isso, basta alterar a propriedade Cross-Section, para a Angle From Vertical, com um ângulo negativo ou positivo. Melhoria das visualizações realistas em tempo real Esse recurso ganhou ferramentas de navegação para controle de textura e percorrer o modelo com iluminação em tempo real. Agora não são mais necessários plugins de terceiros para possibilitar essa ação. Melhorias para modelagem estrutural Com essa última versão, é permitido gerar código de forma para dar capacidade de os empreiteiros mostrarem grande nível de detalhe para o vergalhão. Em versões anteriores, para modificar o gancho do vergalhão, era necessário entrar no modo edição e modificar o trabalho de linha. Agora é permitido substituir cada instância de vergalhão para rotação e comprimentos de gancho. Automação de fluxos de pré-fabricados À direita da aba Aço, a versão 2021 tem um guia dedicado à faixa de opções pré-fabricadas que vai ajudar a dar suporte às fases dos fluxos de trabalho dos elementos pré-fabricados. São diferentes seções, como fabricação, conexão, reforço, segmentação, configuração, além de ativador de atualizações de pré-fabricados. Espaço para trabalhos personalizados A interface do Revit pode ser alterada de acordo com a disciplina e função. Com base nas preferências do usuário, é possível criar um perfil. Distribuição de linhas de programações Essa atualização permite a simplificação visual da aparência de uma tabela. Para isso, pode definir as linhas de faixa dentro das propriedades da tabela, modificando cor de destaque e selecionando o que é necessário apresentar. Visualização da agendamentos Para gerenciar as planilhas do agendamento, é possível expandi-las e visualizar os agendamentos , juntos com as vistas do projeto que estão em cada planilha. Vincular PDF e imagens Com a nova versão 2021, é oferecida a funcionalidade de vincular imagens e PDF para descarregar quando e como for necessário ao projeto, para permitir utilizar a referência sem aumentar o tamanho do arquivo. BIM Revit families A geometria de corte agora tem a capacidade de mapear para um novo tipo ou parâmetro de instância para ver o comportamento de corte diferente nos vazios das famílias do Revit, que podem ser controlados no ambiente do projeto. Revit BIM 360 design: navegação aprimorada Modelos que estão hospedados em nuvem podem ser navegados a partir da tela inicial do Revit 2021 com melhor experiência de navegação para pastas de projeto, subpastas e visualização. A atualização vai permitir também acessar diretamente o BIM 360 na pasta com apenas um clique. Conclusão São diversos os recursos do software que podem otimizar o trabalho dos profissionais da cadeia, porém, para desempenhar bem e aproveitar de forma plena todas as funcionalidades, é interessante fazer um curso Revit BIM, como o Master em Revit, do Grupo AJ, ministrado por Alex Justi, que além de autoridade no tema BIM, palestrante e também autor de livro sobre Revit. Além disso, sabe-se que muitas universidades já têm o BIM e o Revit como disciplinas de seu currículo, porém, nem todas. Por isso, fazer o curso de BIM Revit vai ajudar muito no desenvolvimento do trabalho do profissional, inclusive, para aqueles que querem reciclar seus conhecimentos e ficar em dia com as exigências mercadológicas.

Existem diversos  softwares que dão suporte ao BIM, Revit é um deles. Essa ferramenta da Autodesk para a arquitetura, engenharia e design é uma das mais utilizadas no mundo para modelagem 3D dentro do setor construtivo.

Desenvolvido para auxiliar os arquitetos e engenheiros na fase de projeto, o programa traz uma grande riqueza de recursos que permitem a criação de projetos mais elaborados, que proporcionam melhor visualização, simulações e também assertividade em quantitativos, cronogramas e desempenho de uma obra.

Toda essa evolução proporcionada pelo Revit tem a ver com a inovação tecnológica que chegou ao setor por meio do BIM, que está provocando diversas rupturas e alçando a indústria construtiva a novos resultados de produtividade, redução de erros, sustentabilidade e rentabilidade. Neste post, vamos entender melhor essa relação de Revit e BIM. 

O que é BIM?

O Building Information Modeling é uma metodologia de trabalho colaborativa amparada nos pilares tecnologia (softwares e hardwares – RV, AR, drones, scanners a laser para levantamento por nuvem de pontos), pessoas e processos. Significa que todos os profissionais envolvidos em uma obra trabalharão em um único modelo inteligente tridimensional, carregado com um banco de dados, que servirá em todas as fases do ciclo de vida do projeto.

Trabalhar com um modelo tridimensional carregado de informações multidisciplinares e que servirá de ponto de referência a todos os envolvidos na cadeia, exige novos métodos e novas posturas dentro do setor construtivo. Por exemplo, com o BIM,  é possível trabalhar com as diversas equipes de forma virtual e colaborativa, porque o sistema de armazenamento da metodologia acontece em nuvem. De qualquer lugar onde o profissional estiver, ele consegue acessar o modelo por meio de dispositivos móveis, conferir dados e fazer alterações, se necessário. 

Com maximização de parâmetros, as ferramentas do BIM também garantem um design imensamente mais aprimorado e simulações do gêmeo digital para proporcionar possíveis resultados ainda na fase virtual, porque o software utilizado para dar suporte permite a criação de inúmeras possibilidades, que seriam praticamente inviáveis para realizar apenas com os desenhos manuais em linhas.

Com o BIM, é possível envolver todas as fases da obra além de projetar, como conceber, conceituar, verificar viabilidade, planejar, orçar com precisão, executar, gerenciar e operar as edificações residenciais, comerciais, industriais e as obras de infraestrutura.

Os objetos virtuais dos modelos 3D BIM, tanto das instalações como das de edificações, vão corresponder aos componentes previstos e necessários para a futura construção física real.

Recursos abrangentes

Esses recursos da metodologia são tão abrangentes que BIM na modelagem da cidade também já é possível, porque todos os elementos que são modelados em uma instalação ou edificação podem ser utilizados em uma escala muito maior.

Para que isso seja possível, o BIM passou a integrar os recursos do GIS (Geographic Information System), que apoia as informações com dados geográficos. Dessa união, o resultado foi o City Information Modeling, que trabalha da mesma forma que o BIM só que na escala das cidades.

Essas cidades modeladas e que usam a tecnologia como forma de melhorar seus serviços públicos, inclusive com dados atualizados pela própria população por meio da internet, são conhecidas como Cidades Inteligentes.

A partir da plataforma CIM, uma cidade pode ser inteiramente modelada para proporcionar mais qualidade de vida à população, com informações sobre todos os segmentos, gerando soluções para diversos setores, como abastecimento de água e energia, acionamento de sistemas de emergência para avisar sobre tragédias naturais, como enchentes; controle da limpeza urbana, controle de tráfego, que pode ser ótimo para estimar até o futuro da mobilidade nas cidades inteligentes, entre outras possibilidades.

O que é BIM/Revit? 

AutoDesk Revit é um dos softwares que servem para dar suporte à metodologia BIM. É uma solução de design e documentação, que ampara todas as fases e disciplinas de um projeto de construção. Com seus recursos, permite um melhor uso do tempo para a criação de projetos, porque possibilita medição precisa de distância e ângulos, espessuras, volumes, materiais, custos, etc.

Por ser uma plataforma de construção virtual, baseada em uma construção física real, o Revit BIM software também garante uma melhor gestão do fluxo de informações referentes ao projeto. 

Além do projeto arquitetônico, o Revit também permite a elaboração dos projetos complementares.

Quais os recursos do BIM/Revit?

Com o sistema BIM Revit, os profissionais da cadeia poderão ter:

  • Modelagem arquitetônica para projetos de qualquer complexidade;
  • Sistema gráfico de componentes paramétricos e globais;
  • Melhor visualização de projeto em 3D;
  • Ampla biblioteca para extensão de funcionalidades;
  • Interoperabilidade e IFC;
  • Ferramenta de pontos na nuvem;
  • Análises de desempenho;
  • Projeto integrado entre as disciplinas envolvidas e com acompanhamento e alterações em tempo real;
  • Padronização de documentação;
  • Melhor gerenciamento na fase de execução de obras;
  • Renderização em nuvem;
  • Para projetos estruturais: detalhamento da armadura em 3D, aço estrutural de modelagem, ferramentas para construir estruturas com o mínimo de energia, etc
  • Projetos AVAC, hidráulico e elétrico (Revit BIM electrical): projeto e documentação de sistemas, detalhamento de fabricação dos sistemas, conversão do serviço de fabricação, etc
  • Construção: modelagem de construções, coordenação, interoperabilidade do Navisworks, importação e exportação de folhas 2D, detalhes de construtibilidade, etc.

Nestes tempos nos quais a necessidade de ficar em casa levou diversos profissionais ao home office, impedindo o acesso à torre principal das empresas, o software também visualizar os projetos a partir dos dispositivos móveis.

Recursos do BIM/Revit são aprimorados em cada atualização

De tempos em tempos, a Autodesk faz algumas atualizações em seus softwares para possibilitar mais facilidades aos profissionais e melhores resultados aos seus projetos. Em abril de 2020, a versão 2021 do Revit já estava disponível.

O profissional envolvido em um projeto BIM Revit vai ganhar recursos extras na versão 2021 para sua elaboração. Conheça algumas novas funcionalidades:

Criação de paredes inclinadas

Com a versão 2021 do BIM Revit é possível criar paredes inclinadas com o projeto arquitetônico sem necessitar buscar modelo no local ou usar comandos de massa. Para isso, basta alterar a propriedade Cross-Section, para a Angle From Vertical, com um ângulo negativo ou positivo.

Melhoria das visualizações realistas em tempo real

Esse recurso ganhou ferramentas de navegação para controle de textura e percorrer o modelo com iluminação em tempo real. Agora não são mais necessários plugins de terceiros para possibilitar essa ação.

Melhorias para modelagem estrutural

Com essa última versão, é permitido gerar código de forma para dar capacidade de os empreiteiros mostrarem grande nível de detalhe para o vergalhão. Em versões anteriores, para modificar o gancho do vergalhão, era necessário entrar no modo edição e modificar o trabalho de linha.

Agora é permitido substituir cada instância de vergalhão para rotação e comprimentos de gancho.

Automação de fluxos de pré-fabricados

À direita da aba Aço, a versão 2021 tem um guia dedicado à faixa de opções pré-fabricadas que vai ajudar a dar suporte às fases dos fluxos de trabalho dos elementos pré-fabricados. São diferentes seções como fabricação, conexão, reforço, segmentação, configuração, além de ativador de atualizações de pré-fabricados.

Espaço para trabalhos personalizados

A interface do Revit pode ser alterada de acordo com a disciplina e função. Com base nas preferências do usuário, é possível criar um perfil.

Distribuição de linhas de programações

Essa atualização permite a simplificação visual da aparência de uma tabela. Para isso, pode definir as linhas de faixa dentro das propriedades da tabela, modificando cor de destaque e selecionando o que é necessário apresentar.

Visualização da agendamentos

Para gerenciar as planilhas do agendamento, é possível expandi-las e visualizar os agendamentos , juntos com as vistas do projeto que estão em cada planilha.

Vincular PDF e imagens

Com a nova versão 2021, é oferecida a funcionalidade de vincular imagens e PDF para descarregar quando e como for necessário ao projeto, para permitir utilizar a referência sem aumentar o tamanho do arquivo. 

BIM Revit families 

A geometria de corte agora tem a capacidade de mapear para um novo tipo ou parâmetro de instância para ver o comportamento de corte diferente nos vazios das famílias do Revit, que podem ser controlados no ambiente do projeto.

Revit BIM 360 design: navegação aprimorada

Modelos que estão hospedados em nuvem podem ser navegados a partir da tela inicial do Revit 2021 com melhor experiência de navegação para pastas de projeto, subpastas e visualização. A atualização vai permitir também acessar diretamente o BIM 360 na pasta com apenas um clique.

Conclusão

São diversos os recursos  do software que podem otimizar o trabalho dos profissionais da cadeia, porém, para desempenhar bem e aproveitar de forma plena todas as funcionalidades, é interessante fazer um curso Revit BIM, como o Master em Revit, do Grupo AJ, ministrado por Alex Justi, que além de autoridade no tema BIM, é palestrante e também autor de livro sobre Revit.

Além disso, sabe-se que muitas universidades já têm o BIM e o Revit como disciplinas de seu currículo, porém, nem todas. Por isso, fazer um curso de Revit vai ajudar muito no desenvolvimento do trabalho do profissional, inclusive, para aqueles que querem reciclar seus conhecimentos e ficar em dia com as exigências mercadológicas.

Leia mais:

ebook cim e as cidades inteligentes
Venha-ser-um-especialista-em-BIM

Compartilhe

Mais Posts